Os nomes podem parecer confusos, mas todos eles fazem parte de um processo para tornar os ambientes que frequentamos mais limpos e higiênicos, buscando diminuir a quantidade de bactérias, odores e sujeira. Porém, mesmo fazendo parte de um mesmo processo, todos eles são realizados com um objetivo específico em mente e para atender as necessidades de cada local. Caso você tenha interesse em saber mais sobre esses assuntos e qual o objetivo de cada um desses diferentes termos, separamos um pouco mais abaixo:

LIMPEZA

Limpeza é a famosa geral, é o ato de limpar e remover as impurezas e coisas e objetos indesejados do local. Essa limpeza pode acontecer de diferentes formas, como tirar o lixo. Porém o objetivo é sempre deixar o local com uma aparência mais de “arrumado” e higiênico e no meio disso tudo, procurar também diminuir a quantidade de bactérias e outras coisas indesejadas do ambiente por meio da remoção de resíduos orgânicos e líquidos presentes.

Uma boa forma de realizar a limpeza em seu ambiente e diminuir a quantidade de bactérias se dá por meio dos produtos da linha PICC da Continuum Chemical.

HIGIENIZAÇÃO

Higienização faz parte junto da limpeza e trata justamente da parte mais superficial do processo, o famoso “passar o pano pra tirar o pó”. Sua origem vem justamente de seu objetivo de deixar o ambiente mais higiênico para o convívio de todos ali presentes.

SANITIZAÇÃO

A sanitização acontece após a limpeza/higienização do ambiente, e o seu objeto real é de diminuir a quantidade de microorganismos nocivos para o ser humano e animais. 

DESINFECÇÃO

Esse processo tem como objetivo específico destruir os microrganismos (vírus fungos e bactérias), não da forma esporuladas presentes na superfície.  

A desinfecção pode ser realizada com pulverização eletrostática, fazendo ser mais eficiente e econômico esse processo e assim consegue eliminar e criar uma camada protetora para que esses microorganismos não voltem a se proliferar no ambiente.

ESTERILIZAÇÃO

Agora, se você buscar não somente diminuir a quantidade de microrganismos (vírus fungos e bactérias) no ambiente, mas sim eliminá-las por completo, até na forma esporulada, o melhor método é a esterilização. Ela é comumente usada em hospitais e outros centros médicos, pois ela elimina todos os microorganismos críticos para a saúde humana, como bactérias, vírus e fungos, independente do seu tamanho ou da superfície que ele esteja instaurado.